Saturday, 31 October 2009

Amor incondicional !!!

Ontem um amigo meu colocou no seu orkut a seguinte frase: "Deus me ama e te ama incondicionalmente!"Fiquei um tempo refletindo sobre essa frase. Ontem eu 'pisei na bola' com Deus. Repeti um 'erro', que já tinha feito várias vezes, e várias vezes já havia me arrependido de tal 'erro', prometendo a mim e a Deus que nunca mais iria fazer a mesma coisa. Aí de repente 'errei' novamente. Logo leio essa frase, que Deus me ama incondicionalmente.Por vezes não consigo compreender esse amor. Como poderia alguém me amar tanto assim, ao ponto de me aceitar de volta, e de continuar me amando, mesmo quando eu 'piso na bola' conscientemente? Fico pensando no meu trato com as pessoas. Se alguém pisa na bola comigo, é difícil para mim dar uma segunda chance. Às vezes até perdoo, mas parece que o relacionamento não é a mesma coisa. É difícil conseguir voltar a confiar em alguém que pisou na bola mais de uma vez. E se essa pessoa prometeu melhorar, ou não cometer mais tal erro, e por um deslize acabar errando na mesma coisa, se torna ainda mais difícil.Ontem fiquei refletindo sobre Davi. Davi era um homem segundo o coração de Deus. E Davi adulterou, matou... Porém, Davi se arrependeu, e até escreveu salmos que retratam esse arrependimento. Fiquei me perguntando se Davi errou em outros pontos depois que ele se arrependeu de ter matado e adulterado. Se ele continuou pisando na bola com Deus... Pensei em Paulo, que disse que "o que faço, não o entendo; porque o que quero, isso não pratico; mas o que aborreço, isso faço" (Rm 7.15) e fiquei também me perguntando qual seria esse 'espinho na carne', que Paulo se referiu em II Coríntios 12.7: "e, para que me não exaltasse demais pela excelência das revelações, foi-me dado um espinho na carne, a saber, um mensageiro de Satanás para me esbofetear, a fim de que eu não me exalte demais" .Por vezes não consigo compreender por quê Deus me amaria tanto, e continuaria me amando mesmo depois de tantas pisadas na bola.Às vezes temo estar fazendo da graça de Deus uma 'graça barata'. Temo estar confundindo arrependimento com remorso. E às vezes penso quantas vezes Deus ainda vai ser capaz de me perdoar e continuar me amando. Esse amor é algo que vai além de nossa compreensão, de nosso entendimento, daquilo que nossa mente humana possa imaginar. Esse amor de Deus, incondicional, quase incompreensível, é algo magnífico! É esse amor que nos abraça quando erramos, que nos levanta quando caímos, que nos perdoa quando 'pisamos na bola', que nos aceita de volta quando queremos voltar.
Escrito por minha querida amiga que moro junto :) Miriam !!
muitas vezes me sinto assim e sem palavras ate mesmo para pedir perdao a Deus por minhas atitudes, vc conseguiu descrever muito bem o que sente e sentimos com relacao a pecado e me sinto orgulhosa de postar isso no meu blog tbm :) te amo Miriam que Deus continue te abencoando ricamente e mostrando sua graca para nos !!!!

2 comments:

Ensaio... said...

Lili, faltou colocar os creditos do texto heheh :P

Liliane Almeida said...

coloquei flor eu so tinha esquecido hehehehe ;) mais ta la vai ver ... bjus se cuide!!!