Saturday, 10 March 2012

...Amor...

Eu faco parte de uma equipe de volutarios, que trabalhamos com uma crianca autísta em um programa que foi eleito um dos mais conceituado ao trabalho com criancas que estao neste quadro nos EUA: http://www.autismtreatmentcenter.org/contents/about_son-rise/history_of_the_son-rise_program.php
Desde do ínicio do nosso trabalho vimos grandes mudancas no desenvolvimento dela, mas o mais lindo é que o trabalho em si muda muito a nossa percepcao e a forma como vivemos nossa vida o Son rise programm, traz de uma forma muito simples a linguagem do amor que nada mais é que:
1. Querendo o melhor;
2. Fazendo algo para demonstrar que queremos o melhor;
3. Aceitar (receber de bom grado).
essa definacao foi para mim tao simples, tao compreensiva e tao completa que me leva a ver que o amor tem sua linguagem propria, simplesmente uma forma onde o ser humano consegue expressar e comunicar esse sentimento, todo ser humano precisa ser amado, ele precisa se sentir assim o nosso proprio Deus foi um Deus de amor ele 1.queria que nossa eternidade fosse estar junto dele, 2.foi o primeiro a querer o nosso melhor se esvaziou de si mesmo para vir a este mundo morrer por nossos pecados se fazendo mediador entre nos e nosso Deus a fim de nos da a vida eterna, essa foi a mais linda demonstracao de amor que alguem poderia fazer por nos,3. Ele nos aceita como estamos ele nos recebe assim como estamos e de modo nenhum nos lanca fora do seu amor... Ele tem uma visao ilimitada de onde podemos chegar nele...
Me sinto desafiada a viver uma vida com essa definicao, o mundo esta cada vez mais egoísta e mal, as pessoas estao se sentindo sozinhas e tristes nao quero limitar o amor que Deus colocou em mim, por pensar em o que os outros vao pensar ou duvidar e me sentir insegura quero viver e fazer alguem se sentir amado hoje, seja com palavras de afirmacao, tempo de qualidade com a pessoa, um simples presente, um abraco ou servir com algum ato de servico.De alguma forma me sinto desafiada a fazer diferenca no mundo e HERE I AM...

No comments: